Social Icons

twitterfacebookShalomvaticanorss feedemail

4 de dezembro de 2011

Chegou o Tempo do Amor



Deus me ama com um coração humano. Deus me ama com um coração de carne. Deus me ama com um coração de verdade. Deus ilimitado, também habita nos limites do meu ser.  Deus encarnado, palpável e imutável, Ele desceu para me alcançar. Misterioso amor que se abaixa, misterioso amor que arrisca, misterioso amor que pulsa, que chora, que sente... Misterioso amor que virou Gente. Amor poderoso que conheceu minha fraqueza, amor grandioso que provou minha pequenez, amor que entrou no meu tempo. Amor que virou Palavra, Verbo que é Amor. Deus me ama com o amor que eu amo, Deus me ama da forma como eu deveria amar. Deus me ama na manjedoura simples, Deus me ama quando não tem mais lugar. Deus me ama na escuridão da noite, na distância da terra natal, no cansaço da procura, no frio da indiferença, na dor do desconhecimento, na expectativa daquilo que vai vir. Deus me ama tanto que trocou de lugar. Deus me ama tanto que viveu tudo por mim. Deus me ama tanto que se tornou visível.  Deus me ama tanto que se tornou acessível. Chegou o tempo propício para reencontrar o amor, chegou o tempo esperado de esperar o meu Senhor. Chegou o tempo da certeza, chegou o tempo da chegada.  Chegou o Amor.


24 de agosto de 2011

De Madri para o Rio de Janeiro!


CRISTO LHE ESPERA DE BRAÇOS ABERTOS!

A JMJ é um grande encontro religioso e cultural que reúne jovens de todo o mundo. A celebração, idealizada pelo Papa João Paulo II, foi realizada pela primeira vez, de maneira oficial, no Domingo de Ramos de 1984, no Vaticano. Desde então, peregrinos católicos e não católicos percorrem o mundo a cada dois ou três anos, como regra geral, para celebrar a vida, a união entre os povos e a mensagem de fé e esperança pregada por Jesus Cristo.O evento já reuniu cerca de 15 milhões de jovens em 10 países. Em Madri, última edição, a JMJ recebeu 1,2 milhão de peregrinos de 170 nações aproximadamente.

O BRASIL

No o aeródromo de Cuatro Vientos, o Papa Bento XVI fez o anúncio já esperado, mas apenas confirmado agora: as próximas Jornadas Mundiais da Juventude serão no Brasil em 2013, daqui a dois anos, na cidade do Rio de Janeiro. Apesar da periodicidade das Jornadas ser de três em três anos, o Vaticano decidiu antecipar em um ano a próxima, já que em 2014 irá realizar-se no Brasil o Campeonato do Mundo de Futebol. O anúncio foi recebido em clima de festa principalmente pelos peregrinos brasileiros, que se deslocaram a Madrid em grande número, como é aliás habitual em todas as Jornadas.




A cidade brasileira, Rio De Janeiro (RJ),será a sede da próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ) da Igreja Católica, em 2013. O anúncio foi feito neste domingo (21) pelo Papa Bento XVI, durante o encerramento da 12ª edição do evento, na capital espanhola. “Nosso próximo encontro será no Rio de Janeiro”, disse o Papa diante de milhões de jovens de várias partes do mundo que lotaram o Aeródromo de Cuatro Vientos, na periferia da cidade.



LEMA 2013

Bento XVI anunciou hoje, Quarta-Feira - 24 Agosto 2011, que o lema da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 2013, na cidade brasileira do Rio de Janeiro, será «Ide e fazei discípulos de todos os povos», expressão baseada no evangelho segundo São Mateus, segundo avança a Agência Ecclesia. Na audiência geral que decorreu esta manhã em Castel Gandolfo, próximo de Roma, o Papa revelou também que a Jornada de 2012, que se assinalará nas dioceses católicas, vai ser dedicada ao lema «Alegrai-vos sempre no Senhor», apelo extraído da carta de São Paulo aos Filipenses.


Na alocução que dirigiu aos fiéis reunidos no pátio interior da residência pontifícia de férias, Bento XVI recordou a sua participação na JMJ que decorreu em Madrid de 16 a 21 de agosto, tendo qualificado de «emocionante» o maior evento católico juvenil a nível mundial. «O encontro de Madrid foi uma magnífica manifestação de fé para a Espanha e para o mundo», assinalou o Papa, acrescentando que a JMJ foi uma «ocasião especial para reflectir, dialogar, trocar experiências positivas e, sobretudo, rezar em conjunto e renovar o empenho de radicar a vida em Cristo».

Na mensagem em língua portuguesa, Bento XVI saudou os grupos do Brasil e Portugal presentes em Castel Gandolfo: «A Jornada Mundial da Juventude em Madrid renovou nos jovens a chamada a serem o fermento que faz a massa crescer, levando ao mundo a esperança que nasce da fé», afirmou. «Sede generosos ao dar um testemunho de vida cristã, especialmente em vista da próxima Jornada no Rio de Janeiro», pediu o Papa.



SERVIÇO


XXVI Jornada Mundial da Juventude
Ano 2013 - BRASIL – Rio de Janeiro (RJ)
http://torcidajmj2013.com.br

29 de julho de 2011

Desculpa, Amy!


Amy,

Eu não sei onde você está agora, mas quero que esta carta seja um pedido, uma oração e uma prece a Deus por você.

Você não me conheceu e nem eu te conheci, além é claro, do que vi aparecer nos jornais, nas fotos e nas revistas sobre a sua vida. Mentiras e verdades de uma história cheia de especulações; exposição exagerada de uma intimidade devastada. Porém, sei que a sua vida mexeu com a vida de muitos, no entanto, para mim, a sua morte me tocou profundamente.

Mas não estou aqui para te julgar, para jogar pedras nas suas quedas ou para brincar de adivinhar o dia da sua morte, como muitos fizeram. Não sou melhor do que você em nada. Também não estou aqui para investigar a sua morte e tentar descobrir como ela aconteceu, muitos outros já se encarregaram de fazer isso.

Estou aqui para te pedir desculpas, pois você se foi sem saber que enquanto você cantava “Não, não, não..”, Deus dizia ” Sim, sim, sim..” ‘à decisão de te amar até as últimas consequências.  Enquanto você acreditava que não era boa, alguém enxergava o que você tinha de melhor. Enquanto você se jogava no abismo, Ele esperava uma oportunidade pra te segurar. Deus corria contra o tempo, mas parou na tua liberdade.  E mesmo que você tenha tomado a decisão de se afundar, livremente, ainda sim, preciso te pedir desculpas, pois talvez ninguém tenha te contado que existia uma vida muito melhor perto Dele e uma canção muito melhor do que aquela que a sua vida cantava.

Tínhamos a mesma idade, mas eu tive uma oportunidade que você não teve, mesmo que você tenha tido a oportunidade de ser muito mais famosa e infinitamente mais rica do que eu. Eu tive a chance de conhecer o Amor de Deus, não precisei das drogas para preencher meu vazio, essa é a nossa única diferença, a oportunidade que eu tive e agarrei.

Longe das piadas de péssimo gosto e das especulações impiedosas, me uno a dor do coração de Deus e daqueles que te amavam de verdade. Posso pedir que Deus te faça ouvir, onde quer que você esteja, a canção do amor Dele por você. 

A música do amor de Deus nunca vai deixar de tocar, mesmo que um dia a sua música, Amy, pare de vender. A música do Amor de Deus nunca vai deixar de tocar, mesmo que ninguém a cante, que ninguém a ouça, ela nunca vai deixar de existir. 

E eu peço a Deus a graça de cantá-la mais forte com a minha vida, para que outros, como você, consigam ouvi-la a tempo...

4 de julho de 2011

Meu Novo Amigo Tempo


O tempo é um aliado muito poderoso quando não temos mais tanta pressa. Tenho pensado muito nisso e me alegro ao perceber que com o tempo, o coração vai aprendendo a refinar desejos e a filtrar ilusões.  Em Deus, tudo vai encontrando o seu lugar e nos decidimos a ser mais felizes. No seu tempo, as podas trazem dor, mas nos deixam leves para seguir no caminho. O simples se torna mais importante e o lógico, às vezes, não se torna a melhor opção. As entrelinhas do caminho parecem contar os segredos dos fatos e a vida continua sendo uma grande novidade, talvez maior do que antes. Com o tempo, vamos desaprendendo a querer saber de tudo e nos surpreendendo com o que Deus decidiu para nós.  Os erros nos deixam mais humildes e a nossa fraqueza  nos torna mais compassivos. Aprendemos que rir de nós mesmos é melhor do que entrarmos numa luta desigual. Aprendemos também que ser forte é ser capaz de chorar de saudade, de sofrer por não conseguir e de recomeçar a cada decepção consigo. Descobrimos que desprender-se é fundamental e que perder sempre faz parte. Conhecemos a falta de um abraço e não nos assusta mais ter medo. O tempo vai nos dando uma nova chance, vai ensinando que nem sempre acertamos de primeira e que a vida é generosa com quem aprende logo essa lição. Deus, Autor e Senhor do tempo, Dono da história e dos fatos, do vivido e do esperado, Relógio mais do que acertado, pelo tempo nos ajuda a crescer, com o tempo nos ensina a viver. Quero apresentar meu novo amigo Tempo, portador das surpresas do Amor, instrumento santificador e criatura submissa ao meu Senhor.

28 de junho de 2011

Twitter,Ipad e a Nova Evangelização!


Bento XVI escreve seu primeiro tweet e lança portal news.va

Através de um simples clique e uma mensagem no twitter, Bento XVI deu início na noite (hora local) desta
terça-feira, 28, a uma nova aventura extraordinária para os meios de comunicação do Vaticano.

A partir do Palácio Apostólico, o Pontífice lançou o novo portal noticioso do vaticano,
www.news.va, e também acolheu a proposta de abençoar os usuários da rede através de uma mensagem no twitter.

A ideia foi do presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, Arcebispo Claudio Maria Celli. "Devo dizer que o Papa aceitou imediatamente e de bom grado [abençoar os usuários da rede e lançar o portal]. Além disso, ele estima muitíssimo a comunicação e, sobretudo, deseja que a Igreja esteja presente lá onde o homem vive e se encontra", disse Dom Celli à edição em italiano do jornal oficial do Vaticano, L'Osservatore Romano.
Clique aqui e assista a Bento XVI fazendo o lançamento do portal (em italiano)

O foco das notícias serão as atividades e intervenções do Magistério do Santo Padre, as tomadas de posição dos Dicastérios da Santa Sé e os mais importantes acontecimentos ou situações ligados às várias igrejas particulares espalhadas mundo afora.

Nos primeiros meses, o portal estará disponível em apenas duas línguas: italiano e inglês. Após o término do verão europeu, haverá a primeira remodelação e abertura do site em ao menos uma outra língua, provavelmente espanhol. No entanto, também se deseja que haja disponibilidade em francês e português.

Leonardo Meira
Da Redação, com informações do Boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé e L'Osservatore Romano

 

16 de junho de 2011

Não quero só viver, quero amar o Mistério!




Eu quero descobrir o que está além, quero dar uma chance para as entrelinhas e para os subentendidos. Quero esperar o que transcende o óbvio e crer naquilo que ninguém explica.  Quero desconfiar menos daquilo que não controlo, sem perder completamente o juízo. 

Não basta viver, é preciso amar com toda a força, por isso, não quero só sorrisos, quero a Alegria. Não quero só esperas, quero a Esperança. Não quero somente sonhos, quero o que Ele sonha para mim.  Não quero somente bons  momentos, quero o Eterno. Não quero simplesmente passar pela vida ou deixar que ela passe por mim, pois eu quero mais do que impressões, do que flashs de felicidade e do que doces ilusões. 

Eu quero todo o concreto do cotidiano imerso na graça de ter fé. Quero pés firmes no chão e um coração voltado para o céu. Quero o Mistério por inteiro, sem reservas e sem medo, quero intensamente o TUDO de Deus.

22 de maio de 2011

Quem sou eu sem o meu Amor?



A correria do meu dia não cala a sede de Amor Verdadeiro que reclama dentro de mim. Continuo buscando o Amor, mesmo quando ele parece ter se desfragmentado em sentimentos, em sofrimentos e em disfarces. Não quero deixar  o sonho do profundo se acomodar na realidade do satisfatório. Não vou deixar que o medo de prosseguir me paralise no que já penso possuir. Não quero ver  o Amor Verdadeiro escorregar pelos dedos, desvanecer...  Como pano de fundo de muitas histórias, como ator coadjuvante do filme da minha vida, como algo que parece intocável, mas que está bem diante de mim.  O Amor não pode  se tornar uma ideia e deixar de ser Pessoa. O Amor não quer virar lembrança. O Amor nunca pode deixar de ser quem Ele é...   O Amor não pode sair do seu lugar sob a pena de bagunçar e tirar tudo de ordem... Se os passos são apressados, mais pressa ainda tem o Amor. Se tudo anda muito rápido,  quero parar e deixar o Amor subir no trem da minha vida. Sem Ele, eu nunca vou. Sem Ele, eu não sou. Quem sou eu sem meu Amor?

1 de maio de 2011

"calças jeans e tênis..."

"Precisamos de Santos sem véu ou batina.
Precisamos de Santos de calças jeans e tênis.
Precisamos de Santos que vão ao cinema,
ouvem música e passeiam com os amigos.
Precisamos de Santos que coloquem Deus em primeiro lugar, mas que se "lascam" na faculdade.
Precisamos de Santos que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem sua castidade.
Precisamos de Santos modernos, Santos do século XXI com uma espiritualidade inserida em nosso tempo. 

México - Na véspera da cerimônia da Beatificação do mais novo Beato da Igreja Católica - 
Beato João Paulo II - , homem pinta rosto do papa em muro próximo à Basília da Virgem de Guadalupe.


Precisamos de Santos comprometidos com os pobres e as necessárias mudanças sociais. 
Precisamos de Santos que vivam no mundo se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo. 
Precisamos de Santos que bebam Coca-Cola e comam hot dog, que usem jeans, que sejam internautas, que escutem disc-man. 
Precisamos de Santos que amem a Eucaristia e que não tenham vergonha de tomar um refrigerante ou comer pizza no fim-de-semana com os amigos. 
Precisamos de Santos que gostem de cinema, de teatro, de música, de dança, de esporte. 
Precisamos de Santos sociáveis, abertos, normais, amigos, alegres, companheiros. 
'Precisamos de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo mas que não sejam mundanos'" 

Beato João Paulo II,rogai por nós!

22 de abril de 2011

A descida do Senhor à mansão dos mortos


De uma antiga Homilia no grande Sábado Santo     
(PG 43,439.451.462-463) (Séc. IV)

"Que está acontecendo hoje? Um grande silêncio reina sobre a terra. Um grande silêncio e uma grande solidão. Um grande silêncio, porque o Rei está dormindo; a terra estremeceu e ficou silenciosa, porque o Deus feito homem adormeceu e acordou os que dormiam há séculos. Deus morreu na carne e despertou a mansão dos mortos.

Ele vai antes de tudo à procura de Adão, nosso primeiro pai, a ovelha perdida. Faz questão de visitar os que estão mergulhados nas trevas e na sombra da morte. Deus e seu Filho vão ao encontro de Adão e Eva cativos, agora libertos dos sofrimentos.

O Senhor entrou onde eles estavam, levando em suas mãos a arma da cruz vitoriosa. Quando Adão, nosso primeiro pai, o viu, exclamou para todos os demais, batendo no peito e cheio de admiração: "O meu Senhor está no meio de nós". E Cristo respondeu a Adão: "E com teu espírito". E tomando-o pela mão, disse: "Acorda, tu que dormes, levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará.

Eu sou o teu Deus, que por tua causa me tornei teu filho; por ti e por aqueles que nasceram de ti, agora digo, e com todo o meu poder, ordeno aos que estavam na prisão: 'Saí!'; e aos que jaziam nas trevas: `Vinde para a luz!'; e aos entorpecidos: `Levantai-vos!'

Eu te ordeno: Acorda, tu que dormes, porque não te criei para permaneceres na mansão dos mortos. Levanta-te dentre os mortos; eu sou a vida dos mortos. Levanta-te, obra das minhas mãos; levanta-te, ó minha imagem, tu que foste criado à minha semelhança. Levanta-te, saiamos daqui; tu em mim e eu em ti, somos uma só e indivisível pessoa.

Por ti, eu, o teu Deus, me tornei um filho; por ti, eu, o Senhor, tomei tua condição de escravo. Por ti, eu, que habito no mais alto dos céus, desci á terra e fui até mesmo sepultado debaixo da terra; por ti, feito homem, tornei-me como alguém sem apoio, abandona entre os mortos. Por ti, que deixaste o jardim do paraíso, ao sair de um jardim fui entregue aos judeus, e, num jardim, crucificado.

Vê em meu rosto os escarros que por ti recebi, para restituir-te o sopro da vida original. Vê na minha face as bofetadas que levei para restaurar, conforme a minha imagem, a beleza corrompida.

Vê em minhas costas as marcas dos açoites que suportei por ti para retirar de teus ombros o peso dos pecados. Vê minhas mãos fortemente pregadas á árvore da cruz, por causa de ti, como outrora estendestes levianamente as tuas mãos para a árvore do paraíso.

Adormeci na cruz e por tua causa a lança penetrou no meu lado, como Eva surgiu do teu, ao adormeceres no paraíso. Meu lado curou a dor do teu lado. Meu sono vai arrancar-te do sono da morte. Minha lança deteve a lança que estava dirigida contra ti. 

Levanta-te, vamos daqui. O inimigo te expulsou da terra do paraíso; eu porém, já não te coloco no paraíso, mas num trono celeste. O inimigo afastou de ti a árvore, símbolo da vida; eu porém, que sou a vida, estou agora junto de ti. Constitui anjos que, como servos, te guardassem; ordeno agora que eles te adorem como Deus, embora não sejas Deus.

Deus está preparando o trono dos querubins, prontos e a postos os mensageiros, constuído o leito nupcial, preparado o banquete, as mansões e os tabernáculos eternos adornados, abertos os tesouros de todos os bens e o reino dos céus preparado para ti desde toda a eternidade”.

O Ressuscitado que passou pela Cruz

Por Felipe Bezerra 
http://shalomfelipe.wordpress.com/

 
Este é o título que nós, da Comunidade Shalom, damos a Jesus. Isso tem muitos significados e não vou ser capaz de falar sobre todos os aspectos deste título, mas há uma que eu gostaria de falar nessa Semana Santa.

Uma vez que Ele ressuscitou dos mortos, Ele não apagou as marcas da cruz. Por quê? Não sou teólogo e não pretendo dar lições sobre as razões que ele tinha, eu só quero compartilhar um pouco da minha experiência pessoal com Cristo ressuscitado e o que ela significa para mim ver e tocar as suas chagas glorificadas.

Mostrando suas chagas gloriosas para São Tomé, Jesus não estava só confirmando que era realmente ele, ele estava mostrando o que Ele passou, e também sua condição real de Ressuscitado. Para mim soa como: "Não se preocupe se você tem que passar por tudo isso que você está passando, a ressurreição está esperando por você". Ou até mais (e é isso que faz a minha alma derreter), eu não preciso curar suas feridas, pois é graças a elas que você vai testemunhar sua própria ressurreição aos seus irmãos. Assim, mesmo que você esteja ferido e você sinta toda a dor e o sofrimento como conseqüências de seus próprios pecados, só saiba que Jesus pode fazer dessas mesmas feridas sinais da sua ressurreição para os outros verem o Seu poder.

Pense nisso antes de pedir a cura de suas feridas(2Cor 12, 7-9). Se você tiver que lutar por paciência todos os dias lembre que ter essa ferida em você pode ser um sinal do poder da ressurreição de Cristo agindo em você para a edificação de seus próximos. Durante as celebrações da Semana Santa, lembremo-nos que toda a dor e os sofrimentos de nosso Senhor viveu não são em vão, mas eles são um lembrete de que nossas feridas também vão ressuscitar. Eu não estou falando sobre a vida eterna, que eu estou falando aqui sobre esta terra. Um dia nós vamos ser capazes de dizer aos nossos irmãos: "Aqui, toca nessa minha ferida, fui ferido por este mundo como você está ferido hoje, mas Cristo ressuscitou, Ele ressuscitou-me com Ele e Ele pode fazer de você um 
nova pessoa, assim como fez comigo." 


Suas feridas não devem ser o centro das suas atenções, nem o pedido de cura o centro da sua oração, deixe Deus ser Deus e fazer o que Lhe agrada com sua vida e você verá suas feridas brilhando como um sinal da Sua ressurreição, em sua vida. Você será capaz de dizer: "Eu não era capaz de perdoar, mas agora Cristo ressuscitou e que eu posso perdoar a todos que me magoaram um dia".

Eu rezo para que você, nesta Semana Santa, possa celebrar os mistérios da morte e ressurreição de Cristo em uma nova perspectiva, a da sua própria ressurreição com Ele nesta vida e na esperança para a próxima.

19 de abril de 2011

"...o que tu queres."

Por:Daniel Renno

Jesus está no Horto das Oliveiras,Getsêmani.É o momento crucial de toda a sua existência.Ele se prostra por terra e suplica a Deus,chamando-o de Pai,para "afastar dele esse cálice." (cf.Mt 14,36) Mas,por fim,entrega-se completamente à vontade de Deus:

"Não o que eu quero,
                 porém o que tu queres.(Mc 14,36)


Para Jesus nada aconteceu por acaso,nem se quer a Paixão e a Morte.O exemplo de Jesus,o Ressuscitado,serve de LUZ para a nossa vida.Devemos saber interpretar o que vem ao nosso encontro,o que ocorre conosco durante a jornada da vida,e também tudo o que nos faz sofrer,como vontade de Deus, que nos ama.

A vontade de Deus é a sua voz que fala e nos convida continuamente,é o modo pelo qual ele nos expressa o seu amor,para nos dar a sua plenitude de vida.Será suficiente,que junto com Ele,saibamos repetir,com um ato de confiança total no amor do Pai:

"Não o que eu quero,porém o que tu queres."   (Mc 14,36)
                                                             

13 de abril de 2011

"Na base do beijo!"

Ficar ou não ficar?! It’s the question.

O assunto é sério e merece um pouco mais de conversa. Aqui queria falar de uma realidade que rola no ficar: O beijo!

Tem gente que consegue “ficar” em uma noite com até 30 pessoas. Assim são contabilizados, em uma só noite, 30 beijos. Ufa, muito não?

Do ponto de vista biológico, em cada beijo na boca que você dá, troca-se  na saliva, cerca de 250 bactérias, 9 miligramas de água, 18 substâncias orgânicas, 7 decigramas de albumina (proteína solúvel em água), 711 miligramas de materiais gordurosos e 45 miligramas de sais minerais.

O beijo, algo tão antigo entre os povos, marca tantas coisas, como por exemplo: traição (beijo de Judas), amor (Romeu e Julieta), amizade (ósculo santo).

Hoje o beijo, literalmente, está na boca da galera!
Afinal de contas, o que rola na base do beijo?Trocas! Muitas trocas! E o sentimento, e a pessoa, e o valor, onde ficam no “ficar”?
Além de lábios que se tocam, será que sentimentos se encontram? Sentimentos se misturam ou só se isolam?

O ato em si é capaz de movimentar 29 músculos, 12 dos lábios e 17 da língua. Durante um beijo, a pulsação cardíaca pode subir para algo em torno de 150 batimentos por minuto. Haja movimento, parece até uma seção de spinning.

Muitos músculos são movimentados, mas e o mover dos sentimentos? E o sacrário vivo que você é…qual o movimento que acontece?

Do ponto de vista psicológico, quantas carências tentam ser supridas, mas não o são, pois afinal de contas foi só mais um a se beijar.
Beijar é sinal de comprometimento. Sinal de pertença! Mas se vulgarizou tanto que, quem se compromete com você depois de, em uma noite ,ter passado por mais de 20 bocas?

Batendo um papo com a gastroenterologista, Dr. Márcia Mayumi, ela alertou sobre as doenças que giram em torno do beijo. “As doenças são a cárie (por ser causada por uma bactéria, pode ser transmitida pelo beijo e vir a provocar a doença em quem a contraiu); gripe (causada por um vírus); hepatite B; mononucleose, e bactérias que causam faringite, laringite, amigdalite. O beijo transmite estas doenças, desde que, uma das pessoas possua o agente causador e a outra tenha uma propensão para adquirir a doença.”

Tem gente beijando sem pensar no que realmente está por detrás deste ato. Em beijos não se cura carências!No beijo acontecem encontros!Beijo roubado, coração ferido. É hora de se cuidar, saber que seu valor é bem maior que um simples beijo passageiro.

Beijar é bom. Bom demais. Dá adrenalina, mas com a pessoa certa, no momento certo e do jeito certo! O beijo não pode ser colocado como um brinquedo, que passa de boca em boca. Não deixe rastros de você nas pessoas. Deixe uma marca! A marca de quem se valoriza! Marca de céu! Um beijo que você dá em seu namorado e que traz gosto de eternidade!

Não saia dando o beijo de Judas por ai, um beijo que traia você mesmo! O verdadeiro amor espera. O beijo também é espera! O detalhe é dar aquele beijo que sela amor e gera compromisso. Não é beijar todo mundo, mas é beijar aquela (e) que te espera como Dom.


Fonte:Canção Nova

9 de abril de 2011

"Se mil vidas tivesse, mil vidas eu te daria." (Sta Teresa D´Avila)


Se pudesse voltar no tempo e ter uma nova chance de escolher, te escolheria novamente. Se fosse para viver tudo de novo, viveria novamente. Sofreria mil vezes, deixaria tudo mil vezes, choraria mil vezes e perderia mil vezes para não te perder. Caminharia mais, viajaria mais, enfrentaria mil novos desafios e mil velhos desafios para te encontrar. Esperaria mais, confiaria mais e ofertaria mais para viver esse amor. Partiria minha vida em duas e abriria mão de todas as possibilidades para não abrir mão da tua vontade. Acolheria a ausência, escolheria a saudade e aceitaria a precariedade para te ter. Suportaria todas as injustiças novamente para conhecer a tua misericórdia por mim. E me cansaria mil vezes de novo para que uma só pessoa pudesse te ver.  Entregaria os melhores anos e os melhores perfumes. Só me arrependeria de não te amar mil vezes mais. Recomeçaria tudo novamente em ti, mesmo com milhares de medos, milhões de fraquezas e pecados sem fim, pois tua graça é bem mais do que mil vezes maior do que eu. Tu me venceste milhões de vezes e mil vezes mais eu desejaria te deixar ganhar.  Mil vezes novamente para ser  feliz como tu me fazes. Se mil vidas tivesse, mil vidas daria a Ti.

24 de março de 2011

Alguma coisa sobre a Saudade...



Ei, se a saudade chegar, não deixe que ela vá embora sem que você saiba quem é!


Pergunte seu nome, descubra seu jeito e de onde ela vem. Não demonstre que ela não estava sendo esperada, seja educado e tente tratá-la com respeito. Apesar de ter má fama, a saudade pode ser menos ofensiva se for vivida com um pouco de esperança e de fé.

Não queira prever sua permanência, geralmente, ela se instala de vez. Mas não se preocupe, pois ela vem bem acompanhada. A saudade, dificilmente, chega separada do amor. Se ela bater à sua porta, algo certo você deve ter feito. Talvez, ela te encontre depois que você tiver o coração habitado por alguém. Talvez, ela venha prestar contas daquele laço que você criou. Talvez, ela seja o termômetro do teu amor.

Se a saudade tomar teu espaço e te fizer perder o ar, tenha paciência com ela, ela não tira nada do lugar. Ela não arranca pedaço, mesmo que você sinta exatamente o contrário! Tente ver pelo lado positivo; ela está te ensinando a dividir. Não tenha medo da saudade. Tenha medo de não ser considerado digno dela. Com o tempo, ela se torna uma fiel companheira, daquele tipo que fica conosco a vida inteira.

Quem sabe viver com a saudade, aprende a não resistir ao amor; se torna menos solitário e descobre a força do permanecer. Quem aprende a conviver com a saudade, tem um coração bem marcado, vencedor da distância, conquistado pela pertença e amigo da gratidão. Quem deixa a saudade entrar, não deixa o amor sair.

20 de março de 2011

O quanto você me deixa te amar?

"Para expressar o amor humano a gente usa a poesia; para expressar o Amor Divino a gente precisa deixar que o Espírito nos inspire." (Moysés Azevedo – fundador da Comunidade Católica Shalom)

Segundo texto inspirado pela frase acima. Imagine que Deus te faça a seguinte pergunta: “O quanto você me deixa te amar?” Eu acho que Ele poderia responder algo assim:

Ainda falando sobre o meu amor, preciso dizer que você resiste muito! Não vou te ferir e não pretendo me afastar. Sei que teu coração parece que se “fechou para balanço”, porém, também sei que ele foi muito exposto ao perigo da falsidade, da incompreensão, da indiferença e do desamor. Sei que confiar hoje é um desafio quase intransponível. E sei que o “amor” foi distorcido e foi dividido em pequenos pedaços.

Mas olha, eu jamais mexeria em uma ferida se não fosse para curá-la. Eu jamais te ofereceria algo que não pudesse te dar e eu jamais desrespeitaria a tua história e o que você já viveu. Vou cercando a muralha com cuidado e investigando as brechas. Vou achando um jeito de entrar por onde outros saem. Minhas mãos tocam com suavidade o solo sagrado da tua vida e meu amor vai amolecendo a terra da tua solidão. Meu amor vai dando sentido e trazendo novo ar onde a mágoa tomou todo o fôlego.

Lembre-se que meu amor te traz de volta à vida. Meu amor vence a tua dor. Meu amor te refaz e refaz e refaz e refaz. Não deixes que o medo te proteja do amor, deixa que o amor te proteja do medo. Tenha coragem de arriscar tudo de novo, de se jogar nos braços de alguém novamente. Meu abraço é um lugar seguro. Deixa que eu te ame mais. E só posso fazer isso se eu puder estar mais perto, posso entrar de vez na tua vida?

12 de março de 2011

O quanto você sabe que eu te amo?


"Para expressar o amor humano a gente usa a poesia; para expressar o Amor Divino a gente precisa deixar que o Espírito nos inspire." (Moysés Azevedo – fundador da Comunidade Católica Shalom)

Essa frase ainda vai inspirar muitos textos, esse é o primeiro deles. Imagine que Deus te faça a seguinte pergunta: “O quanto você sabe que eu te amo?” Eu acho que Ele poderia responder algo assim:



O quanto você sabe que eu te amo?


Muitas vezes, não digo o que você gostaria de ouvir e nem faço o que você gostaria que eu fizesse. Às vezes, pode até parecer que eu não ouço muito bem ou que não presto muita atenção no que você fala. Talvez, você esperasse um pouco mais de mim em alguns momentos e nem consiga mais se surpreender quando supero as suas expectativas. Talvez, você sinta muito a minha ausência porque não invado a sua liberdade. Talvez, você possa se sentir solitário quando a minha presença é disfarçada. Sei também que é difícil para você entender que meu tempo é diferente do seu tempo, assim como a minha forma de amar é diferente da sua.

Porém, tem algo que eu preciso que você saiba. Queria que você soubesse que nem sempre você consegue perceber o quanto o seu sorriso me alegra ou o quanto suas lágrimas me doem. Com certeza, você não poderia calcular o tempo que eu espero por você em silêncio ou o quanto meus olhos te acompanham a cada instante, lanço um olhar constante de quem sempre está bem perto. Faço incontáveis loucuras para endireitar os seus caminhos quando eles estão meio tortos. A minha paciência histórica não para de se superar quando confio em você mais uma vez e acredito no seu desejo de me amar. Cuido de você quando todos vão embora e vejo o seu sofrimento na proporção exata que ele tem. Compreendo seus medos mais do que você e não me assusto com a sua inconstância.

Teria muito mais para dizer do meu amor. Mesmo assim, acho que você nunca saberá o quanto eu te amo. Mas se você quiser conhecer mais esse meu amor, eu terei o tempo de hoje e a eternidade toda para te mostrar. Vamos começar hoje?