Social Icons

twitterfacebookShalomvaticanorss feedemail

17 de novembro de 2012

Débora


A sua foto amarelada não consegue refletir a força da sua presença entre nós, mesmo depois de tantos anos. Seu sorriso, mesmo breve, eternizou em nós a esperança do reencontro no Céu. A sua vida foi um marco da Bondade de Deus e a sua morte um atestado da Sua Misericórdia, que descobre nos caminhos mais improváveis e dolorosos uma maneira de nos encontrar para sempre. Deus nos encontrou por você, pela sua vida e pela sua morte. Pela rapidez com que nos deixou e pelo seu coração puro unido ao de Deus, pudemos experimentar o Amor, incompreensível Mistério de Salvação, Mistério da Mão que não é curta para nos alcançar, mas que sabe também se deter em silêncio, em respeito ao Seu Grande Desígnio de Amor. A certeza de que você abriu as portas do céu para nossa família é tão real quanto a saudade sentida a cada dia, sem exceção.  Contamos com a sua intercessão de filha e de irmã, e contamos também os dias para te ver de novo, para ouvir teu coração refeito e louvarmos juntos ao Nosso Deus Perfeito que mesmo na dor, nunca nos faltou.

Com amor para Débora, minha irmã que chegou ao céu antes de nós!