Social Icons

twitterfacebookShalomvaticanorss feedemail

16 de dezembro de 2012

Os Inocentes de Hoje


Tenho refletido muito sobre a realidade do mundo de hoje e sobre  o temor sempre presente em mim de ouvir por meio do noticiário, a narração de atos reais de violência que parecem concorrerem entre si quanto ao quesito de maior brutalidade. Porém, nos últimos dias, tenho pensado bastante nas crianças, pois elas,  ao meu ver,  têm sido grandes vítimas da atual sociedade. 

Coisas inimagináveis! Mãe que mata seu filho para comê-lo, pais que esquecem seus filhos ou que os abandonam, crianças vendidas, prostituídas, traficadas, leis que permitem o aborto como se a criança fosse parte do corpo da mulher que se acha no direito de mata-la. Tantas crianças que têm sua existência abruptamente encurtada em prol de interesses pessoais. Enfim! Gostaria que os exemplos não fossem tantos. 

Fico mais perplexa porque Jesus, “mesmo sendo Deus”, se submeteu à fragilidade de uma criança, sentiu em sua pele, em seu corpo, a vulnerabilidade da dependência, a necessidade do cuidado, do amor, da responsabilidade de alguém que o tomasse para si.  Jesus Menino! Jesus Criança! Jesus Encarnado, Abaixado, Humilde, Pequeno e Humano. O mesmo Jesus que hoje tem seu coração dilacerado ao ver seus prediletos serem maculados pelo mundo que não os entende, não os deseja mais.

O massacre mais recente aconteceu nos Estados Unidos. Vinte crianças mortas, assassinadas, roubadas de suas vidas enquanto estudavam. O pai de uma das vitimas, no auge de sua dor, disse à imprensa mundial que o “único crime” que sua filha de seis anos havia cometido, tinha sido o de ser uma criança sorridente. Essas famílias não conseguirão celebrar o Nascimento no Natal da mesma forma, ao mesmo tempo, só a atualização deste Nascimento trará Consolo aos seus corações.

Quando Jesus nasceu, muitas crianças foram mortas, pois um “Rei” tirano queria matar Jesus Menino. Esses foram os Santos Inocentes da época. Os santos inocentes de hoje não morrem mais pelo Menino, morrem porque os homens não conhecem o Menino Deus. O tom grave do texto não alcança a dor da perda de um filho, mas deixa seu silencioso grito de protesto, de esperança, de intercessão de quem acredita que sem Jesus, o mundo tem sangue, muito sangue inocente em suas mãos. 

Jesus, vem nascer em nossos corações!

Um comentário:

  1. Seu blog recebeu o Selo Dominus Vobiscum 2012/2013. Acesse o link abaixo e pegue o selo! http://domvob.wordpress.com/2013/02/08/vencedores-do-selo-dominus-vobiscum-2012-2013/

    ResponderExcluir

- Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e as consequências derivadas deles podem ser passíveis de sanções legais.
- O usuário que incluir em suas mensagens algum comentário que viole o regulamento será eliminado e inabilitado para voltar a comentar.