Social Icons

twitterfacebookShalomvaticanorss feedemail

1 de março de 2016

Por que José?



Porque grande demais era sua fé e simples demais o seu coração. Pequeno demais diante do Mistério e obediente demais para Dele fugir. Porque era fraco de suas forças, mas pela grandeza de seu amor, foram os seus braços escolhidos para segurar o Onipotente. Retidão de um homem orante. Humildade de um verdadeiro filho de Deus que Dele se tornou o pai. Esposo que se encantou pela mais bela Mulher e a ela devotou todo o seu coração. Doçura que só a castidade poderia trazer. Protegeu e cuidou dos maiores tesouros de Deus. Confiado, confiou. Acreditado, acreditou. Missão assumida com a vida. Vida que gritou fidelidade no silêncio profundo e fecundo de quem acolhe o plano soberano do Pai. Trabalhou muito na terra, mas com o coração no céu. Foi privilegiada testemunha dos maiores Mistérios do Amor porque creu, porque amou, porque teve coragem de sonhar o sonho de Deus. Foi quem providenciou tudo na terra e da terra para os seus que eram do céu. E o Deus dos seus nunca o faltou. 

Ah, José! Querido São José! Quanta coisa preciosa a aprender do teu pequeno e grande coração!

Intercede por nós! 

Valei-nos, São José! E providenciai!